Planejamento Tributário 2022: você já fez o seu?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Todo empreendedor encontra, na gestão da sua empresa, uma série de obrigações fiscais. Com isso, é de extrema importância se programar para estar em dia com todas elas, evitando assim problemas com o Fisco. Neste momento, a elaboração de um planejamento tributário é fundamental.

Estamos falando de uma ferramenta que permite que os empreendedores se programem para lidar com as suas obrigações tributárias ao longo dos próximos 12 meses.

Com a chegada de 2022, empresas de todos os segmentos já podem elaborar o seu planejamento tributário, estratégia que, além de manter um negócio em dia com as obrigações, ainda reduz a sua carga tributária.

No entanto, ainda é possível encontrar empreendedores com dúvidas relacionadas à tributação de suas empresas. O que pode fazer com que eles estejam deixando passar algumas oportunidades para sua gestão.

Se você se identifica com este contexto acima e deseja entender melhor como elaborar o planejamento tributário para 2021, leia o nosso artigo! Acompanhe até o final e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto!

Leia também o nosso artigo sobre o assunto: eSocial: veja como registrar o reajuste do salário mínimo 2021.

O que é o planejamento tributário?

O planejamento tributário é uma importante ferramenta que auxilia na gestão de pagamento de tributos de uma empresa. A sua elaboração desempenha um papel fundamental na gestão tributária de uma empresa, podendo inclusive fazer com que ela pague menos impostos.

Deste modo, estamos falando de um conjunto de estudos, estratégias e ações que atuam com o objetivo de reduzir a carga tributária que incide sobre uma empresa. Sendo que tal economia é alcançada de forma totalmente legal.

No momento de elaborar o planejamento tributário para 2022, é essencial contar com o suporte de um serviço contábil.

Afinal de contas, os contadores são profissionais especialistas no assunto. Logo, eles podem avaliar a estrutura da sua empresa, indicando assim o melhor caminho para lidar com o recolhimento dos seus impostos.

Portanto, se você deseja estruturar um planejamento tributário para a sua empresa, continue a sua leitura! A seguir, você verá dicas valiosas para manter a sua empresa em dia com as suas obrigações fiscais.

Como elaborar um planejamento tributário?

Para garantir a assertividade no momento de elaborar o planejamento tributário da sua empresa, deve-se seguir à risca alguns passos.

Afinal de contas, por meio desta ferramenta, os empreendedores possuem como resultado uma série de benefícios, como:

  • Redução da carga tributária;
  • Cumprimento de todos os prazos;
  • Maior segurança tributária;
  • Recuperação de impostos
  • Entre outros.

Desta forma, se o empreendedor deseja obter todas as vantagens citadas acima, será necessário seguir todas as etapas por trás da elaboração de um planejamento tributário. Confira quais são a seguir!

Aproveite para ler também o nosso artigo sobre o assunto: Pensando em abrir um comércio? Conheça as tendências do comércio varejista!

1. Cuidado com os prazos

Por meio de um planejamento tributário, uma empresa pode, diante da sua realidade, solicitar a mudança do seu regime tributário. No entanto, este processo não pode ser feito em qualquer momento.

O enquadramento ou mudança de regime tributário de uma empresa é uma decisão que pode ser tomada somente uma vez ao ano. Por isso, deve-se analisar a estrutura de um negócio com muito cuidado.

Além disso, ao se programar com antecedência, os gestores à frente de uma organização a mantém em dia com as suas obrigações. O foco é respeitar todos os prazos e evitar a incidência de multas e, com isso, juros.

2. Faça um diagnóstico

No momento de elaborar o planejamento tributário de uma empresa, é necessário fazer um diagnóstico das suas operações. O objetivo central é analisar como foi o seu desempenho ao longo do ano de 2021.

Informações relacionadas ao faturamento, gastos e despesas devem fazer parte desta análise, preparando assim a empresa para o ano atual.

Sendo assim, por meio destes dados, os contadores, junto ao empreendedor, poderão traçar metas e objetivos com mais clareza. O que permite definir quais são as estratégias necessárias para alcançar os resultados esperados.

Acompanhe também o nosso artigo sobre o assunto: Tributação para comércio varejista: conheça os principais impostos pagos.

3. Avalie cada regime tributário

Atualmente, as empresas brasileiras encontram algumas opções distintas para o enquadramento tributário. Confira a seguir quais são:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Presumido;
  • Lucro Real.

Cada um dos regimes tributários traz consigo determinadas especificidades para uma empresa. Logo, deve-se avaliar as particularidades das opções e a realidade atual de um negócio para o correto enquadramento.

Quando uma empresa acaba sendo enquadrada no regime tributário errado, ela pode se manter pagando mais impostos do que deveria pelos seus próximos 12 meses.

4. Conte com o suporte de um serviço especializado

Por fim, é indispensável contar com o suporte de um serviço especializado no momento de elaborar um planejamento tributário.

Afinal de contas, estamos falando de profissionais especializados no assunto, que poderão guiar todo o processo com mais eficiência e assertividade.

Neste momento, você pode contar com os serviços da Arka Online! Somos uma equipe multidisciplinar, composta por Contadores, Administradores e Profissionais de TI, unidos em prol do mesmo objetivo: atender clientes de forma permanente, personalizada e eficaz.

Estamos em plena ascensão, operando em instalações modernas, dotadas de infraestrutura adequada e eficiente sistema de comunicação integrado. Portanto, conte com o suporte dos nossos serviços! Entre em contato conosco!

Aproveite também para seguir as nossas redes sociais e acessar o nosso blog para acompanhar outros conteúdos como este! Leia: Precificação: como calcular o preço do seu serviço?

 
 
Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]