Depressão: Eu tenho direito ao Auxílio-Doença do INSS?

Tempo de leitura: 8 minutos

Você já ouviu falar da depressão? Não é um comportamento, mas sim uma doença mental. A depressão pode afetar qualquer um e é muito comum entre homens e mulheres. Você pode ter direito ao auxílio-doença do INSS para tratamento.

Se você está sofrendo de depressão, você pode ser incapaz de trabalhar. Este post no blog irá lhe ajudar a descobrir se você está elegível para Auxílio-Doença do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O Que é a depressão

A depressão é uma doença pouco compreendida no Brasil. Muitas pessoas ainda acham que ela é uma questão de vontade, que a pessoa simplesmente deve "fazer alguma coisa" para melhorar. Como resultado, muitas pessoas tratam da depressão de uma forma errada.

A depressão é uma doença que afeta a mente e o corpo e pode afetar a vida de uma pessoa. A depressão pode causar sintomas físicos, como dores de cabeça, dores no corpo, fadiga, perda de apetite, dificuldade de dormir e de concentração.

A depressão é um transtorno de humor caracterizado pela baixa de ânimo, pela tristeza, pela irritabilidade, pela falta de energia e pela dificuldade em concentrar-se.

As causas da depressão

A depressão é um distúrbio psíquico, ou seja, um desequilíbrio entre os fatores biológicos, psicológicos e sociais que regulam a vida do ser humano.

A depressão pode ser causada por vários fatores, como traumas e violência, além de problemas psicológicos, como pânico, ansiedade e transtorno de estresse pós-traumático.

As causas da depressão são variadas, podendo ser devido a problemas relacionados à pessoa, ao meio social e ao meio ambiente. A depressão pode ser causada por fatores internos, como sentimentos negativos, medos e sentimentos de inutilidade.

O que fazer se você suspeitar que você está deprimido

Se você suspeita que está deprimido, procure um médico ou um psicoterapeuta. Se você não puder encontrar um profissional, você pode fazer algo sozinho.

Se você está deprimido, você pode se sentir triste, desanimado, descontente e inútil. Você pode acordar todos os dias com um sentimento de culpa e de tristeza. Você pode sentir que não tem mais motivos para viver. Você pode se sentir como se estivesse perdendo o controle de pensamentos.

Isso acontece com muita gente que está deprimida ou que se sente triste e vazio, ao ponto de não ter vontade de fazer nada. É uma situação que traz prejuízos para a vida pessoal, para a vida familiar e para a vida profissional. É um problema que precisa ser tratado com o devido cuidado.

Leia sobre Previsão Orçamentária e sua Importância

O que é o auxílio-doença

O auxílio-doença é o benefício previdenciário pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ao segurado que não pode trabalhar por motivo de doença.

O auxílio-doença é um benefício previdenciário oferecido pelo INSS. Ele é uma ajuda financeira que pode ser solicitada pelo segurado que não pode trabalhar por causa de algum problema de saúde.

Como funciona o auxílio-doença

Para obter auxílio-doença do INSS, o segurado deve estar inscrito no INSS, ter tido o último salário declarado pela empresa e não ter recebido o benefício nos últimos 12 meses.

O auxílio-doença é um benefício previdenciário oferecido pelo INSS. Ele é uma ajuda financeira que pode ser solicitada ao segurado que não pode trabalhar por causa de algum problema de saúde.

Quem tem direito ao auxílio-doença

A concessão do benefício de auxílio-doença é uma regalia ao trabalhador que sofre de alguma doença grave, que o impede de trabalhar. O benefício é concedido pelo INSS e é obrigatório para todas as empresas, com ou sem empregados, no Brasil.

O auxílio-doença é um benefício que o INSS concede ao trabalhador que está inscrito como segurado e se enquadra em alguma das seguintes situações:

  • Incapacidade temporária, que é a incapacidade temporária do trabalhador para o trabalho, devido a acidente.

Para ter direito ao auxílio-doença, o segurado deverá ser:

  • Empregado com carteira assinada;
  • Trabalhador avulso;
  • Prestador de serviço autônomo com carteira profissional;
  • Empregado doméstico com carteira de trabalho assinada.

Quando você pode ter direito ao auxílio-doença

Os trabalhadores que possuem o direito ao auxílio-doença, em caso de incapacidade para o trabalho, são aqueles que possuem registro em carteira e que possuem contribuição previdenciária.

O auxílio-doença é um benefício que pode ser concedido ao trabalhador por um período de até 180 dias, por um único período ou por dois períodos consecutivos de até 60 dias cada. Esta modalidade de auxílio é concedida ao trabalhador que está afastado do trabalho por motivo de doença.

A lei permite que o trabalhador tenha direito ao auxílio-doença quando a doença seja incapacitante para o trabalho. Ou seja, quando a doença atrapalhe a capacidade de trabalho do trabalhador, ele tem direito ao auxílio-doença.

Como você pode receber o auxílio-doença

Se você está com dificuldades financeiras e precisa de um auxílio-doença, você precisa entrar em contato com o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) ou com o SUS (Sistema Único de Saúde).

Se você está desempregado e ainda não recebeu o auxílio-doença, você pode solicitar para o INSS, para que eles façam uma avaliação da sua condição de saúde, e assim, você poderá receber o benefício.

Você pode se candidatar ao auxílio-doença se estiver:

  1. Tendo dificuldade de se manter no emprego;
  2. Em estágio terminal de uma doença ou acidente.

O que o INSS pode fazer se você não está se recuperando

Se você não for se recuperando conforme o esperado, o INSS pode cancelar o benefício.

Se você não está se recuperando, o INSS pode recomendar ao seu médico que você faça um novo exame médico, para ver se há alguma alteração no seu estado. Se você não estiver se recuperando, o INSS pode autorizar o seu médico a prescrever a reabilitação.

Ainda que a lei não mencione, o INSS pode solicitar à CFEME (Comissão Federal de Medicina do Trabalho) para que faça uma recomendação para que você passe por um processo de reabilitação.

Como o INSS considera o seu pedido de auxílio-doença

O pedido de auxílio-doença do INSS é analisado através de um processo de triagem, que consiste na avaliação da documentação que você apresenta quando faz o seu pedido. Ele é feito por uma equipe de profissionais que analisam, por exemplo, se há a necessidade de fazer exames complementares.

A primeira coisa que você tem que fazer é procurar um médico. O médico vai te avaliar e avaliar seu histórico de doenças. Se o médico considerar que você tem um problema de saúde que o impede de trabalhar, ele vai escrever um laudo médico que vai ser encaminhado para o INSS.

O INSS considera a existência de doença ou lesão, mesmo que ela não tenha sido diagnosticada. A doença ou lesão deve ser capaz de afetar a sua vida profissional e deve ser compatível com os requisitos previstos no artigo 1.944 da CLT.

Por que o INSS pode negar o seu pedido de auxílio-doença

Todos os anos, milhares de brasileiros solicitam auxílio-doença do INSS, mas a maioria é negada. A razão é que as pessoas não têm consciência de como é feito o processo de concessão desse benefício.

O INSS pode negar o seu pedido de auxílio-doença, se você não preencher todos os requisitos necessários para a concessão. Por exemplo, o INSS pode negar o seu pedido de auxílio-doença se: Você não estiver acompanhando todos os tratamentos médicos.

O INSS tem o poder de negar o seu pedido de auxílio-doença, se você não tiver direito ao benefício. Eles consideram vários fatores, como:

  1. A sua condição de saúde;
  2. Se você tem renda própria; e
  3. Se você tem capacidade de exercer a sua função.

Portanto, você pode ter direito ao auxílio-doença do INSS para tratamento. Você pode se dirigir a um serviço do INSS em sua cidade e verificar junto com o INSS o seu direito. Não desista antes de verificar.

Saiba mais sobre o auxílio-doença do INSS.

Você tem alguma dúvida? Ligue no 135 e tire suas dúvidas como você pode obter esse benefício, aproveitando bem.

Não perca esta chance de receber este benefício.

Fiquem com Deus!

Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]