Restituição do Imposto de Renda 2022 Liberado: Veja o Calendário e Saiba Como Consultar

Tempo de leitura: 8 minutos

A Receita Federal liberou o calendário de restituição do Imposto de Renda 2022. O primeiro lote será pago no dia 31 de maio e a consulta poderá ser feita a partir do dia 24 de maio. É importante lembrar que 31 de maio, é o mesmo dia em que encerra o prazo para você entregar a declaração sem ser penalizado com multas.

A RFB divulgou seu primeiro comunicado sobre suas declarações de imposto de renda de 2022, e a consulta ao 1º lote será na terça-feira 24, uma semana antes do vencimento dos pagamentos.

Fase final da entrega

Quase 10 milhões de pessoas ainda não declararam; prazo termina este mês.

O primeiro lote das restituições será pago no dia 31 de maio - veja abaixo o cronograma de pagamento da parcela dos demais lotes – 31 de maio é a mesma data do prazo para os contribuintes apresentarem suas declarações de IRPF 2022 - ano base 2021.

Documentos - Como obter um número de recibo de imposto de renda

Para verificar se receberá a primeira parcela, o contribuinte deve acessar o site Meu Imposto de Renda e clicar em Consultar Restituição na lista de serviços. Para consultas simples, basta acessar este link e informar CPF, ano de depósito (2022) e data de nascimento.

Se quiser mais detalhes, visite o portal e-Cac. Lá, você pode se informar sobre a situação da sua declaração e também saber se há pendências ou divergências, e se a sua declaração caiu na Malha. No e-Cac, você ainda pode corrigir eventuais erros encontrados. Para acessar você precisa do CPF, um código de acesso e uma senha.

Se o status da declaração disser que está em Fila de Restituição, significa que você só precisa aguardar o próximo lote para saber quando terá direito a receber a restituição do imposto de renda 2022.

Consulta Restituições IRPF

CPF:

2022 2021 2020 2019 2018 2017 2016 2015 2014 2013 2012 2011 2010 2009 2008 2007 2006 2005 2004 2003 2002 2001 2000 1999

Data de Nascimento:

 

Digite os caracteres acima:

Quem terá direito a receber restituição no primeiro lote?

Receberão a restituição do imposto de renda 2022 pessoas com prioridades: contribuintes idosos com mais de 60 anos, contribuintes com deficiência física e mental ou doenças graves e pessoal do magistério. Após processamento prioritário, as restituições serão de acordo com a data de entrega da declaração. Quanto mais cedo o contribuinte entregar a declaração, mais cedo os esses contribuintes receberão.

O Calendário de Restituição do Imposto de Renda 2022 prevê cinco parcelas de pagamentos de maio a setembro. A segunda parcela será paga em 30 de junho; a terceira em 29 de julho; a quarta em 31 de agosto e a última em 30 de setembro.

A novidade da restituição de impostos deste ano é que os contribuintes poderão receber seu dinheiro de volta através do Pix. Além de pagar o Darf, que também pode ser feito pelo Pix.

Veja o Calendário de Restituição do Imposto de Renda 2022 liberado pela Receita Federal

  • Dia 31 de maio de 2022 - 1º lote de restituição
  • Dia 30 de junho de 2022 - 2º lote de restituição
  • Dia 29 de julho de 2022 - 3º lote de restituição
  • Dia 31 de agosto de 2022 - 4º lote de restituição
  • Dia 30 de setembro de 2022 - 5º lote de restituição

Saiba o prazo para enviar a declaração e se você deve apresentar

A Receita Federal voltou a prorrogar o prazo para os contribuintes apresentarem suas declarações de imposto de renda de 2022 para 31 de maio, mas o calendário do lote de restituição de imposto de renda de 2022 permanece inalterado.

Assim como em 2021 e 2020, devido à pandemia do novo coronavírus, o prazo de entrega foi prorrogado.

Os contribuintes agora têm até 31 de maio para apresentar seus documentos, e quem não apresentar dentro do prazo será multado no mínimo de R$ 165,74, variando de 1% a 20% do imposto devido para cada mês de atraso, não espere.

Tabela do imposto de renda para 2022

A tabela que determina quem deve declarar Imposto de Renda em 2022 segue a mesma (veja abaixo), sem correção desde 2015. Quem ganhou mais de R$ 28.559,70 no ano terá de fazer a declaração do Imposto de Renda 2022.

Tabelas de incidência mensal

A partir do mês de abril do ano-calendário de 2015:

 Base de cálculo (R$) Alíquota (%) Parcela a deduzir do IRPF (R$)
Até 1.903,98 - -
De 1.903,99 até 2.826,65 7,5 142,80
De 2.826,66 até 3.751,05 15 354,80
De 3.751,06 até 4.664,68 22,5 636,13
Acima de 4.664,68 27,5 869,36

Fonte: Receita Federal do Brasil

Quem está obrigado a enviar a declaração do Imposto de Renda 2022

As regras para a apresentação da declaração de imposto de renda em 2022 são as mesmas que foram estabelecidas para os anos anteriores. Ou seja, é necessário apresentar a Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (DIRPF), mesmo que você não tenha tido qualquer tipo de rendimento no ano e se enquadre em uma das hipóteses de obrigatoriedade.

Vejamos as principais regras que fazem o contribuinte se enquadrar na obrigatoriedade para 2022:

  • Renda tributável do exercício superior a R$ 28.559,70, ou aproximadamente R$ 2.380 por mês, incluindo salário, aposentadoria, pensões e aluguel;
  • Receber rendimentos isentos, não tributado ou tributados separadamente na fonte acima de R$ 40.000; isso inclui FGTS, seguro-desemprego, doações legais, herança e participações nos lucros;
  • Quem obteve ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeitos ao pagamento de imposto de renda;
  • Quem negocia na bolsa de valores;
  • Pessoas com bens ou direitos superiores a R$ 300.000 em 31 de dezembro de 2021;
  • Pessoas que ganham mais de R$ 142.798,50 com atividades rurais.

Quais documentos preciso separar para fazer a declaração de imposto de renda?

A Receita Restituição do Imposto de Renda 2022
A Receita Restituição do Imposto de Renda 2022

Anota aí!

  • É importante que você separe os informes de rendimentos de seu empregador. Aqui consta tudo o que foi retido na fonte, como Imposto de Renda e FGTS. A empresa é obrigada a entregar este documento até o dia 28 de fevereiro, mas ela pode antecipá-lo para você;
  • Todo mundo que for dependente (ou seja, receber alguma ajuda financeira da família) deve ter CPF. Se você ainda não tem o documento, vá até uma agência da Caixa Econômica Federal ou do Banco do Brasil para providenciar. Crianças nascidas após o final de 2017 já têm esse registro na Certidão de Nascimento;
  • Aposentados e pensionistas do INSS podem pegar o comprovante de renda no site Meu INSS ou no banco em que recebem o pagamento. É importante ter esse documento para fazer a declaração do Imposto de Renda;
  • Quando for investir seu dinheiro, solicite o informe de investimentos da instituição financeira. Esse relatório detalha todos os seus investimentos e a rentabilidade de cada um deles;
  • Para preencher a declaração de Imposto de Renda deste ano, é importante que você tenha em mãos a declaração do ano anterior. Assim, será possível ter uma ideia dos rendimentos e despesas que constaram na documentação anterior e facilitar o preenchimento da nova declaração;
  • Os recibos de despesas com médicos, dentistas, profissionais de saúde e planos de saúde podem ser deduzidos na declaração de imposto de renda. Isso significa que você pode receber o valor gasto por meio da restituição. No entanto, é importante que os recibos tenham informações detalhadas sobre quem prestou o serviço, qual o serviço prestado e para quem ele foi feito;
  • Quando você compra um bem, é importante que tenha os documentos necessários para provar a transação. Isso inclui o contrato de compra e venda do produto, com seus valores detalhados, além do registro da operação no cartório de imóveis. Esses documentos garantem sua segurança e a tranquilidade no caso de qualquer problema posteriormente;
  • Algumas despesas podem ser deduzidas do imposto de renda, como as prestações da escola ou dos cursos de pós-graduação. Isso significa que você paga menos imposto e ainda contribui para seu aprendizado;
  • Além dos documentos normais, como CPF, RG e comprovante de residência, é importante ter em mãos os papéis que comprovam transações financeiras realizadas no ano anterior. Isso inclui doações, consórcios, empréstimos e heranças. Com esses dados é possível preencher a declaração corretamente e evitar multas.

A ARKA Online Contabilidade faz sua declaração

Na ARKA Online Contabilidade, você pode fazer a sua declaração de imposto de renda com toda segurança. Temos especialistas que tiram todas suas dúvidas e fazem a sua declaração o mais rápido possível.

Se você tem direito à Restituição do Imposto de Renda 2022, aqui é o lugar certo para fazer a sua declaração!

Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]