Empregado Doméstico tem direito a licença paternidade!

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

 

Empregado Doméstico tem direito a licença paternidade! Com a mudança na legislação, hoje são de 5 dias remunerados para o empregado doméstico, que passam a ser contados a partir do dia do nascimento do filho.

O Brasil ainda é um país com forte cultura machista, e isso reflete no modo como os direitos dos homens e das mulheres são tratados. A lei brasileira garante ao pai o direito de licença paternidade, mas não é comum que isso seja cumprido, o que leva o empregado doméstico.

Em 1988, a licença paternidade surgiu como um dia de licença, tinha como objetivo dar tempo para os pais fazerem as documentações necessárias para a criança e, aos poucos, se transformou em uma licença remunerada.

Com a mudança na legislação, hoje são de 5 dias remunerados para o empregado doméstico, que passam a ser contados a partir do dia do nascimento do filho.

 

 

 

Vídeo original:
Blog: http://www.domesticalegal.com.br/blog

Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]