Despesa com aluguel residencial será dedutível do Imposto de Renda

Tempo de leitura: 4 minutos

Despesa com aluguel residencial
Despesa com aluguel residencial

Despesa com aluguel residencial será dedutível do imposto de renda a partir de 2023. Se você está alugando um imóvel para fins residenciais, saiba que a despesa com o aluguel poderá ser deduzida do seu Imposto de Renda. Isso significa que você poderá diminuir o valor total do imposto que precisa pagar. No entanto, é importante lembrar algumas regras para garantir que sua dedução seja aceita pelo fisco.

Na última terça-feira 05/07, a Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou um projeto de lei que permitirá que pessoas que pagam aluguel deduzam esse valor de sua conta de imposto de renda pelos próximos cinco anos.

Até o ano fiscal de 2022, os locatários não podiam deduzir suas despesas de aluguel do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF).

Próximos passos para aprovação final do projeto

O projeto de lei foi votado após um artigo explicando como o projeto funcionará e como os contribuintes podem deduzir suas despesas de aluguel de sua conta de imposto de renda.

Os brasileiros que não têm casa própria podem esperar um futuro em que possam deduzir o valor que pagam de aluguel por cinco anos, se a nova iniciativa for aprovada sem recurso.

A proposta precisa ser enviada à Câmara dos Deputados para análise e, se aprovada, daria às pessoas essa dedução em sua declaração de imposto de 2023. Essa medida beneficiaria a maioria das pessoas no Brasil que ainda não possuem casa própria.

Os contribuintes que pagam aluguel não poderão deduzir essa despesa até o ano fiscal de 2022. Mas se a nova proposta for aceita pela Câmara, eles poderão fazer a dedução do aluguel no Imposto de Renda em 2023. A Receita Federal considera aluguel como pagamentos e devem utilizar o código 70 - Aluguel de Imóveis na seção Pagamentos Efetuados de seu programa fiscal.

Despesa com aluguel residencial precisam ser declarados

Despesa com aluguel residencial
Despesa com aluguel residencial

Embora os inquilinos não possam deduzir qualquer parte do aluguel em seus impostos, eles ainda precisam declarar seus pagamentos neste formulário. Até agora, os contribuintes que pagam aluguéis não são reembolsados, nem podem deduzir o valor dos seus aluguéis no que devem em impostos.

O gasto com moradia é a maior parcela do orçamento das famílias no Brasil, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Atualmente, esses custos não podem ser deduzidos.

No entanto, com a nova lei tributária, o aluguel será uma despesa dedutível, e esse benefício terá validade até 2027. A pesquisa mostrou que 39,2% do orçamento das famílias é gasto com despesas de moradia para as famílias de menor renda, que é o valor mais alto no orçamento.

A punição é mais severa para quem não declara corretamente seu aluguel?

Sim, isso também faz parte do projeto. O projeto visa incentivar os proprietários e seus inquilinos a declarar oficialmente seus aluguéis e fazer declarações fiscais regulares sobre os rendimentos de aluguel de imóveis residenciais.

Tanto os inquilinos como os senhorios podem se beneficiar desta iniciativa. Alugar um imóvel também está coberto pelas novas regras. Os locatários estarão isentos do pagamento de 75% do IR cobrado sobre o imóvel que alugam.

Se o locatário também for responsável pelo pagamento de taxas de condomínio, taxas de corretagem (se alugar por meio de uma imobiliária) ou IPTU pelo imóvel locado, ele poderá subtrair essas despesas do valor total do aluguel recebido.

O projeto também define uma penalidade por não declarar pagamentos ou recebimentos de aluguel em seu formulário de imposto de IR, portanto, é melhor ser preciso em tudo.

O projeto de lei que falamos no início deste artigo promete fazer grandes mudanças tanto para locatários quanto para proprietários, tornando as coisas mais agradáveis ​​para os locatários.

Atualmente, no Carnê-Leão apenas o lucro restante é declarado na conta, após dedução de todas as despesas.

Conclusão

Despesas com aluguel residenciais poderão ser deduzidas do imposto de renda a partir de 2023. Isso significa que você poderá diminuir o valor total do seu imposto devido em relação a essa despesa.

No entanto, é importante notar que há alguns requisitos para isso. Você precisa estar pagando o aluguel para fins residenciais e não comerciais e também precisa ter um contrato de locação válido. Além disso, é importante guardar todos os recibos para comprovar suas despesas.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário.

A ARKA Online Contabilidade agradece!

Leia: A diferença de adware, spyware, vírus e antivírus

Clique para avaliar este post!
[Total: 0 Média: 0]